O primeiro contato de Allan Kardec com experiências mediúnicas, o amadurecimento de sua fé e a sua decisão de publicar livro sobre a Doutrina Espírita são passagens retratadas no novo espetáculo de Cyrano Rosalem, com produção de Érica Collares e Rogerio Fabiano. A montagem é da mesma produtora de ‘Allan Kardec’, sucesso há seis anos pelos teatros do Brasil e visto por cerca de meio milhão de pessoas.

Inspirada no livro homônimo de Kardec, a peça “O livro dos espíritos” é uma adaptação de passagens específicas de vida do educador, escritor e tradutor francês Hippolyte León Denizard Rivail, no século XIX: do momento em que é apresentado a experiências mediúnicas, abordando as sessões de mesas girantes, suas pesquisas, o amadurecimento de sua fé, o contato com o Espírito da Verdade e as dificuldades, até a decisão de publicar o seu primeiro livro sobre a Doutrina Espírita, chamado “O livro dos espíritos”, sob o pseudônimo de Allan Kardec.

Diferentemente da produção “Allan Kardec – Um olhar para a eternidade”, em que são pontuadas a vida e obra do missionário, do seu nascimento à sua morte, em “O livro dos espíritos” não há a proposta de biografia, mas, sim, de destacar cenários fundamentais que deram origem à sua primeira grande obra da Codificação Espírita. Sendo assim, são duas produções independentes, não comprometendo o entendimento do expectador caso ainda não tenha assistido à “Allan Kardec – Um olhar para a eternidade”. Ou seja, o público pode ver sem medo e apreciar o texto emocionante de uma etapa singular do espiritismo.

E mais uma vez cabe ao ator Rogério Fabiano interpretar Kardec, o que já faz há seis anos consecutivos no teatro. “Dar continuidade à obra de Allan Kardec no teatro será, com certeza, um outro marco emocionante na minha carreira. É um desafio, pois agora é o mesmo personagem, mas em função da formatação do ‘Livro dos Espíritos’’, orgulha-se ele, com quase 40 anos de carreira.

No palco, Érica Collares vive de novo Amélie Gabrielle Boudet, esposa de Kardec, e ela comemora essa nova fase. “Neste novo espetáculo poderei exibir ao público a importância de Amélie Boudet, esposa de Allan Kardec, que esteve ao lado dele em todas as suas etapas, ajudando-o e encorajando-o para a publicação do ‘Livro dos espíritos’. É realmente uma missão prazerosa”, diz ela, que considera os projetos uma missão de amor.

Ficha Técnica
Texto: Cyrano Rosalem
Produção: Érica Collares e Rogério Fabiano.
Direção: Rogério Fabiano e Érica Collares.
Elenco: Rogério Fabiano, Érica Collares, Cláudio Gardin e Manuela Collares.

O Livro dos Espíritos
Única Apresentação 6 e 7 de Abril (Sábado e Domingo)
Horário: 21h (Sábado) e 19h (Domingo)
Classificação: Livre

Teatro Fernando Torres
Rua Padre Estevão Pernet, 588 – Tatuapé – São Paulo
Facebook: https://www.facebook.com/teatrofernandotorres

Ingresso:
https://www.ingressorapido.com.br/event/60079-2#!/tickets

Bilheteria: de terça a quinta, das 14h às 20h, sexta a Domingo das 14h até o início do espetáculo
Informações: (11) 2227-1025
Cafeteria no local: Tablado Café
Estacionamento no local.

Meia Entrada: Estudantes, professores da rede estadual e municipal de São Paulo, aposentados, e idosos acima de 60 anos. Indispensável apresentação de documento comprobatório no ato da compra do ingresso e da entrada ao espetáculo.